Sinopse     

Insere-se este nosso projeto num gesto mais vasto de investigação sobre A Arte de Ser, Pensar e Sentir — que tem como fundo as geografias portuguesas: sejam elas os territórios, as singularidades e universalismos, a língua, os afectos e mitologias. É uma extensão das relações entre o homem e as naturezas: a sua natureza e a natureza que o envolve e as suas reciprocidades portanto. Neste caso as crónicas, os contos e novelas curtas, a biografia, as ideias de Camilo Castelo Branco serão a paisagem por onde circular e sobre a qual vamos erigir a nossa criação. Esta obra antecipa uma série de trabalhos que se estenderão entre 2022 e 2025 e uma das suas partes que apelidamos de O Fim do Mito. Mergulhar no Hiper-romantismo do autor que foi levado ao extremo — por exemplo na negação da própria morte — e vamos usar como primeiras referências as obras Impressão Indelével, O Esqueleto e a Caveira. A partir destas será construído um texto dramático que será a base da criação a desenvolver em 2021 e que terá continuidade em 2023. Este projeto — os seus começos pelo menos — são um desafio que nos foi colocado por um conjunto de três teatros sediados em Trás-os-Montes: Vila Real, Sabrosa e a Casa de Mateus e Bragança. A escolha de Camilo Castelo Branco surge natural devido à sua filiação com a região e a natureza dramática e jocosa dos seus textos. Surge o convite num contexto de aprofundamento de relações entre as artes num programa apelidado PALAVRAS CRUZADAS. A música, a performance, o texto e o teatro são os horizontes expressivos sobre os quais nos propuseram trabalhar. Antecipamos aqui o que será o projeto de investigação sobre a língua, o pensar, o sentir português que marcará os próximos quatro anos de trabalho criativo — proposta que está a ser trabalhada com vários parceiros em Portugal e será apresentada à DGArtes para o próximo ciclo de apoios sustentados.

FICHA TÉCNICA E ARTÍSTICA

VIDEO INDISPONIVEL

CRÉDITOS

jgm – joão garcia miguel
Rua de Xabregas, 2 – 1900-440 Lisboa, Portugal
tlm: +351 933 327 229
georgina@joaogarciamiguel.comjoaogarciamiguel.com

FICHA TÉCNICA E ARTÍSTICA​

TEXTO de João Garcia Miguel, reescrito a partir dos originais de Camilo Castelo Branco
DIREÇÃO E ESPAÇO CÉNICO | João Garcia Miguel
INTÉRPRETES | Sara Ribeiro
MÚSICA | Vitor Rua
ASSISTÊNCIA DE ENCENAÇÃO | Mariana Ballardin
FIGURINOS | Rute Osório de Castro
DIREÇÃO TÉCNICA COMPANHIA JGM | Roger Madureira
DIRECÇÃO DE PRODUÇÃO COMPANHIA JGM| Georgina Pires
PRODUÇÃO E VENDAS COMPANHIA JGM | Janine Lages
DIREÇÃO DE PRODUÇÃO TEATRO IBÉRICO | Rita Costa, Inês Pires
DIREÇÃO TÉCNICA TEATRO IBÉRICO | Miguel Dias
IMAGEM GRÁFICA | Ruben Ferreira
APOIO Á DIVULGAÇÃO | Telmo Botelho
ASSESSORIA DE IMPRENSA | The Square – Raquel Alfredo
APOIO TÉCNICO | AUDEX

co-Produção

Teatro Municipal de Vila Real, Município de Bragança e Teatro Ibérico

Financiamento

A Companhia João Garcia Miguel tem o apoio financeira da DGARTES, Governo de Portugal

APOIOS

Junta de Freguesia do Beato | IEFP