Sinopse     

Para As Barcas, obra inspirada num conjunto de textos de Gil Vicente, figura marcante do teatro medieval português, desenvolvemos um sistema de trabalho que se desdobra em duas direcções e que procuramos fazer coincidir: a performance e um conjunto de medias e tecnologias interactivas que se inscrevem no tempo real. Regressámos ao tema das viagens. Às viagens a um corpo impossível, desconhecido, a um corpo perdido num labirinto vazio de sentidos, condenado, corpo impossível e fora do tempo, virado do avesso, corpo que se move num espaço para além da vida, num espaço propriedade da morte.

Buscamos no texto o corpo, o esqueleto, o músculo. Buscamos a sensibilidade por debaixo da linguagem, dentro dos segredos, das opacidades dos sentidos, das palavras, enquanto olhares para o mundo. Este conjunto de textos colocam os mortos a falar de si, dasua vida e dos modos como a viveram. São textos que funcionam como espelhos invertidos do mundo, de uma época. São textos sobre o um mundo impossível.

FICHA TÉCNICA E ARTÍSTICA

Play Video

CRÉDITOS

jgm – joão garcia miguel
Rua Carlos Mardel 113 R/C Dto – 1900-121 Lisboa, Portugal
tlm: +351 933 327 229
georgina@joaogarciamiguel.comjoaogarciamiguel.com

FICHA TÉCNICA E ARTÍSTICA​

 

Texto | Gil Vicente

Direcção e dramaturgia | João Garcia Miguel

Actores | Felix Lozano | Sara Ribeiro | David Pereira Bastos | Costanza Givone

Música e Vídeo | Rui Gato

Figurinos | Steve Denton

Assistência à Direcção | João Samões

Programação Interactiva audiovisual |André Sier

Desenho de Luz e Direcção Técnica | Luís Bombico

Direcção de Produção | Filipa Hora

 

co-Produção

Companhia JGM | Guimarães Capital da Cultura | Festival Gil Vicente

Financiamento

A Companhia João Garcia Miguel tem o apoio do Ministério da Cultura, da Secretaria de Estado da Cultura e da Direcção Geral das Artes

APOIOS

Islotes En Red | Rui Viola Produções | Programa Cultura 2007 2013