Sinopse     

O que é que há de Antígona e de Ismene em cada um de nós? E em diferentes momentos da nossa vida? Como é que nos dividimos interiormente e por um momento podemos ser Antígona – a mulher corajosa, teimosa, implacável que acaba por se matar por não aceitar que as coisas mudem – ou podemos logo de seguida ser Ismene a mulher que aceita obedecer vergando-se à vontade dos poderosos? É possível estabelecer esta coexistência? Ela existe ainda que secretamente dentro de nós como uma figura apenas sonhada por revelar? Somos muitos seres em diálogo uns com os outros? Somos um caminho para uma imagem com cada vez maior definição? Ou pelo contrário somos um caminho para uma imagem que se desfaaz, ruína de si mesma? Salvação e destruição, doença e cura, vírus e portador numa união incompreensível, num diálogo de vida e morte que se renova? Imagens sucessivamente fragmentando-se, multiplicando-se, desfazendo-se sucessivamente sobre a consciência que escapa, diálogos de mentes doentes, doenças que são chaves para a possibilidade de distância necessária para continuar a procurar o fim das coisas.

FICHA TÉCNICA E ARTÍSTICA

Play Video

CRÉDITOS

jgm – joão garcia miguel
Rua Carlos Mardel 113 R/C Dto – 1900-121 Lisboa, Portugal
tlm: +351 933 327 229
georgina@joaogarciamiguel.comjoaogarciamiguel.com

FICHA TÉCNICA E ARTÍSTICA​

Encenação — João Garcia Miguel

Texto — a partir de Antígona de Sofocles

Interpretação — Isa Araujo, João Pedro Santos, Rogério Vieira e Sara Ribeiro

Apoio à encenação — Rui Viola

Figurinos: Lidia Kolovrat

Musica Original — Rui Lima e Sergio Martins

Video — HOW (HorseOnWheels) by Rui Gato

Assistente video — Rúben Santos

Desenho de Luz — Luis Bombico

Fotografia — Miguel Nicolau

Fotografia de cena — Marcio Silva

Design Grafico e legendas — Nuno Correia

Apoio ao espaço Cenico e web site — Mantos

Direcção tecnica e operação — Várias Cenas lda

Produção executiva — Marta Ferreira

Gestão de projectos — Filipa Hora

co-Produção

Financiamento

Ministério da Cultura | DGartes | Fundação Calouste Gulbenkian

APOIOS

Teatro da Comuna | Teatro-Cine de Torres Vedras | Teatro da Trindade | Fundação Inatel